Biblioteca Graciliano Ramos

Artigos Selecionados

Gestão por Competências e Gestão do Conhecimento

Na semana da apresentação do projeto de implantação da Gestão por Competências da Enap “CerEnap – Capacitar, evoluir e renovar competências”, projeto que terá a Coordenação-Geral de Gestão de Conhecimento como parceira, selecionamos artigos que trazem uma visão integrada entre os temas Gestão por Competências, Gestão de Conhecimento e Inovação.

Foram selecionados o relatório “Core skills for public sector innovation”, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e os artigos “O significado do conhecimento nas organizações”, do membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento (SBGC), Fernando Fukunaga; e “Gestão do conhecimento e desempenho organizacional: integração dinâmica entre competências e recursos”, publicado na Revista Perspectivas em Gestão & Conhecimento.

Todos os materiais listados são de acesso aberto.

 

Core skills for public sector innovation (2017)

OCDE

Acesse o relatório

Resumo traduzido: Servidores públicos dão uma contribuição importante para o crescimento nacional e prosperidade. Hoje, no entanto, a digitalização e as sociedades mais exigentes, pluralistas e em rede estão desafiando o setor público a trabalhar de novas maneiras. Este relatório analisa as capacidades dos funcionários públicos dos países da OCDE. Ele explora as habilidades necessárias para criar melhores políticas e regulamentações, para trabalhar efetivamente com os cidadãos e usuários dos serviços, para comissionar prestação de serviços com boa relação custo-benefício e para colaborar com as partes interessadas em configurações de rede. O relatório também sugere abordagens para abordar as lacunas de habilidades por meio do recrutamento, desenvolvimento e gerenciamento da força de trabalho.

 

O significado do conhecimento nas organizações (2017)

Fernando Fukunaga

Acesse o artigo

Resumo: A natureza complexa do conhecimento possibilita uma série de interpretações sobre seu significado nos dias atuais. Este trabalho traz a luz o significado do conhecimento no contexto organizacional. Os resultados nos levam a uma compreensão mais clara para posteriormente discutirmos a gestão do conhecimento. As conclusões indicam que, alinhar o significado do conhecimento dentro de cada contexto organizacional, pode ser chave para o sucesso do engajamento e da colaboração dos indivíduos nos projetos com impacto nos processos de gestão do conhecimento das organizações.

 

 

Gestão do conhecimento e desempenho organizacional: integração dinâmica entre competências e recursos (2017)

Jurema Suely de Araújo Nery Ribeiro, Marco Antônio Soares Calijorne, Paulo Henrique Jurza, Fabricio Ziviani, Jorge Tadeu de Ramos Neves

Acesse o artigo

Resumo: Diversos desafios vêm sendo impostos à gestão das organizações contemporâneas na busca por diferenciais competitivos e conquista de posições estratégicas de mercado. A necessidade de estabelecer patamares mais elevados de desempenho estimula a reflexão acerca dos fatores que afetam o desempenho do indivíduo e da organização diante de um contexto marcado pela competitividade e por constantes mudanças na dinâmica mercadológica. O conhecimento torna-se um dos principais fatores competitivos das organizações e a gestão do conhecimento pode contribuir para que o conhecimento seja utilizado de forma a maximizar o desempenho e os resultados organizacionais. Este artigo pretende demonstrar a importância da gestão do conhecimento para alcance de desempenhos organizacionais superiores através da integração dinâmica entre competências e recursos, considerando influência e operacionalidade no contexto organizacional. Este artigo de caráter teórico e exploratório, realiza uma breve revisão da literatura especializada no campo da gestão do conhecimento e desempenho organizacional, apresentando os principais conceitos e abordagens, a fim de compreender a interação destas com os construtos competências e recursos. Para tal propõe-se um modelo sistematizado, de cunho teórico, para a gestão do conhecimento e desempenho organizacional de forma estruturada e integrada dos construtos competências e recursos. Os resultados obtidos sinalizam que a compreensão das relações dinâmicas entre competências e recursos ancorados pela gestão do conhecimento é o que vai assegurar a condução adequada dos mecanismos pelos quais o desempenho organizacional pode ser sustentado ao longo do tempo.

 

Se você achou o conteúdo interessante, compartilhe usando os botões das redes sociais, ou deixe um comentário abaixo.

Sugestões e recomendações são muito bem-vindas!

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ 6 = 13

Receba as novidades

Artigos selecionados

Artigos selecionados é um espaço que visa trazer conteúdos atualizados para os servidores públicos, facilitando o acesso a artigos recentes de importantes revistas nacionais e estrangeiras, inclusive em base de dados de acesso restrito assinadas pela Enap.